domingo, 10 de abril de 2011

Sucker Punch = love

Após a morte da mãe, Baby Doll(Emily Browning) é internada pelo padrasto num hospício. Mergulhando na sua realidade alternativa, ela luta pela sobrevivência e uma maneira de escapar do maior dos pesadelos: a sua nova vida.




Do realizador de Watchmen, Sucker Punch desenvolve-se à volta de um conceito base simples: miúdas giras a darem uma coça aos maus da fita. A quantidade de fanservice nao é over the top, até porque é quase sempre misturada com uma grande dose de efeitos especiais e coreografias de luta impecáveis, mesmo que não muito imaginativas.Mas lets face it, as miudas estão num bordel; fanservice era obrigatório.


Anyways,a primeira coisa que temos de perceber ao ver o filme é que há três níveis de realidade:o hospício onde Baby Doll foi internada, o Bordel(onde conhecemos as outras protagonistas e a maior parte da história se desenvolve, e a final realidade alternativa que muda de cada vez que é necessário lá entrar. As duas primeiras são uma e a mesma, apesar das pequenas mudanças estruturais, a terceira é o mundo onde o desejo de ser livres dá às raparigas a capacidade de lutar.


A partir daí a narrativa desenvolve-se em proporção directa com o nível de terror que as protagonistas sentem: quanto maior o medo, mais negra se torna a história e, consequentemente, o mundo para onde "escapam", sempre acompanhada por uma banda sonora incrivelmente bem escolhida para o tipo de filme que é e que ajuda o público a imergir com as raparigas no seu mundo. Mesmo sendo puro entertenimento( e a maior parte das pessoas não ir ver o filme esperando mais) Sucker Punch consegue manter o público a pensar (não é nenhum V for Vendetta, mas era dificil) e culmina numa cena de que muita gente não estaria à espera *sim, estou a tentar não dar muitos spoilers, se começasse a desenvolver não parava*.

So yeah, go watch it =P P.S.: Pela parte que me toca, o filme teria sido muito melhor se elas de facto nao tivessem morto uma indefesa cria de dragao e respectiva mae enraivecida. ;.;

2 comentários:

Heartless disse...

Irei... quando poder...

Nyanko Yue disse...

"Pela parte que me toca, o filme teria sido muito melhor se elas de facto nao tivessem morto uma indefesa cria de dragao e respectiva mae enraivecida. ;.;"

Claro, não serias a Saphira se não acrescentasses um comentário do género xD

Enviar um comentário

 
Copyright 2009 Reasons To Sing In The Rain. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemesfree