sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Chegou o Começo do Fim.

Ir ao cinema é sempre diferente. Quer seja pelas filas irritantes e épicas confusões da bilheteira ou pelas pessoas que insistem em comer pipocas com quanto ruido conseguem fazer, a experiência nem sempre é das melhores...

Mas para ir ver a primeira parte dos Deathly Hallows tudo isso vale a pena.


A antecipação é grande, não é todos os dias que assisto ao começo do fim de uma saga de proporções épicas, por isso dei pulos de contente(uh...literalmente) quando me reservaram um bilhete pa estreia ( gil gallad, you rock).

Mas agora ao filme propriamente dito, que as aventuras de antes do filme não se comparam ás do mesmo...

Nem me vou incomodar em fazer uma introdução com a história, pois afinal, quem não conhece Harry Potter? E é precisamente aí que está o cerne da questão: toda a gente conhece o raio do "rapaz"(sim, que após dez anos de entretantos desde o começo da saga no cinema, a classificação de "rapaz" ja não se-lhe aplica). é por isso que as expectativas são tão altas! imaginem que saía dali uma porcaria monumental, o mundo era capaz de se revoltar! *ideia assustadora que acabou de me ocorrer*

Mas a pressão para fazer um bom trabalho parece ter dado bom resultado:

As personagens menores recebem cada vez mais desenvolvimento (oh, Bellatrix, podes ser má como as cobras, mas damn!you're goooood), o enredo está bem construído e até os cenários e banda sonora escolhidos contribuem para a atmosfera mais negra que o filme procura transmitir. Lembrem-se: esta já não é uma viagem à terra dos doces e das coisas foufas.

Podia continuar a blábláblá, mas aí não me calava...e por isso vou acabar com um pequeno spoiler... a animação é de comer e chorar por mais, e não falo simplesmente dos elfos Kreacher e Dobby, apesar de este último ter proporcionado um dos momentos mais épicos de que me lembro e que pôs a sala de cinema a aplaudir entusiasticamente *spoiler alert*

Imagine-se que resolveram dar a Dobby uma fala épica(hum...preciso de sinónimos para épico -_-") antes da sua morte. Depois de deixar cair um candelabro de cristal em cima de Bellatrix, eis o que ele diz: "Dobby nunca quiz matar, oh, não! Dobby apenas quiz mutilar ou ferir gravemente!" e tudo isto com a maior das naturalidades. *no more spoilers*

Desculpem lá, mas eu tinha absolutamente de por isto aqui. X)

Apesar do ritmo acelerado do filme todos os que leram o livro vão sentir-se completamente realizados.... E à espera do rpóximo que estreia daqui a 7 meses e 14 dolorosos dias, para quem estiver interessado =P

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

JW: Just Wonderful?

Para quem viu o título e pensou num mar de rosas, desengane-se. Perto de ser um dos melhores eventos a que já assisti ( e desta vez até tive o prazer de ajudar), o Japan Weekend Lisboa 2010 cosntou, no entanto, com alguns aspectos que lhe roubaram qualidade ( como tirar-me o sono devido à antecipação, por exemplo...).

O primeiro aspecto a que qualquer pessoa faria cara feia é ao preço do bilhete. Mas a oferta de actividades, as bancas recheadas ou até simples convívio chegaram para me dar vontade de assistir ao primeiro evento internacional que por cá parou.

Então *perguntam-me * o que correu mal? Bem, há que referir que o "voz do Vegeta" ( x.x n sei mesmo o nome dele) se enganou no fds e apareceu há 1 semana (ou assim me consta). Outra das convidadas ficou afónica e foi parar ao hospital. Agora é a parte em que alguns começam a pensar "We are cursed!!"

Nah, longe disso! Ambos os painéis correram muito bem e serviram o seu propósito: entreter e informar de forma divertida aqueles que assistiram.

Mas AI! que cheguei ao cosplay! (;.;) e vou barafustar. 8 entradas no Sábado?! Tb sou cosplayer, por isso até compreendo, mas n deixo de estar tiste por isso ( congrats à vencedora Saturn e um *glare* à Angewomon por n ter participado*Belladona malvada!*).
Quanto ao concurso de Domingo, quem me conhece sabe que venero os fatos do vic e ai n ha nada a dizer ( que é all love all the time ). quanto aos grupos, parabéns aos vencedores Cloud e Sakura ( adorei o skit, nao importa quanto m digam que é "plágio") e à Kali e à Dark, que como sempre fizeram fatos lindos e os apresentaram lindamente tb =)

Por último, é preciso mto trabalho para que nasça algo de que possamos orgulhar-nos e, apesar de reconhecer certas falhas no overall, não posso deixar de sentir que fiz o melhor que me foi possivel e, ao mesmo tempo, me diverti imensamente.

Obrigada a toda a gente pelo convívio awesome nas pequenas pausas. Mission Accomplished.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

ANIPOP 1/2!

O dito "Regresso às origens no IPJ de Moscavide " é capaz de ter preocupado muitos que talvez tenham achado que o espaço iria ser pequeno demais para tanta gente, mas a maioria foi surpreendida...
Aviso já que, como voluntária que fui, posso estar um bocadinho comprada pelos cupcakes, mas n é provável :3
Sábado foi o meu dia dedicado ao cosplay: se viram por lá uma kakyuu princess de sailor moon, tipo esta:

you now know it's me.
O dia passou num rodopio, sempre divertido com o convívio e as diversas actividades a que a equipa do anipop já nos tem vindo a habituar, mas com um espaço mais bem aproveitado que nas edições anteriores realizadas neste mesmo espaço, com uma tenda no exterior que abrigou as bancas de quem quis vender os seus objectos relacionados com a temática do evento.
O concurso do cosplay foi ainda melhor que o costume porque para variar conseguium lugar sentado! woot! e as apresentações melhoram de ano para ano.
P.S.: obrigada a quem me tirou fotos e foi simpático comigo quando eu batia em alguém com o meu chapéu, que diga-se de passagem, era maljeitoso e até partiu um prato!
Domingo!
Oh, fatídico Domingo de Anipop em que me voluntariei para o que fosse preciso! Apesar de ter chegado a casa a morrer ( e tendo praxe no dia seguinte) não me arrependo nada de me ter voluntariado: dá trabalho, sim. Sim, andei a correr de um lado p o outro o dia todo. Sim, ajudei gente a encontrar sítios, materiais e outros que tais. Sim, adorei.
O primeiro local em que estive estacionada foi o auditório para o painel "Otaku é a tua tia!" (não, tb n sei porque se chamou assim). Sei sim que a apresentação foi super engraçada e atraiu mais publico que o esperado ( culpa do título? XD).
O convidado p o painel foi o Seiya, um rapaz japonês que nos falou sobre os novos tipos de otakus de uma forma divertida e compacta.
Seguidamente estive no backstage a ajudar as cosplayers do Euro Cosplay na preparação para o palco, muito stressante mas n se esperaria outra coisa do concurso!
Para não descrever as correrias doidas que se seguiram, salto para os concertos que n quero matar ninguém de tédio.
Na minha opinião, rudolfo não é música. Apesar da legião de fãs dedicados, não creio que o espaço para o concerto tenha sido o mais indicado, pois este gerou confusão e havia equipamento "delicado" no palco. Ms escusado será dizer que entrar no palco com fita isolante a tentar tapar a boca ao rapaz foi demasiado estupido.
No outro extremo do espectro estiveram os Roku Beat!, que sendo enérgicos, competentes e óptimos naquilo que fazem, ganharam um lugar na lista de bandas que adoraria voltar a ver no evento p o ano (ou até mto mais cedo).
Resumindo, se pudesse dizer que o evento foi de "comer e chorar por mais" acreditem que já chorei um rio inteiro, mas só não nasceu outro rio em portugal porque o JapanWeekend está já aí à porta! =D

domingo, 22 de agosto de 2010

Flying with no wings...

Olhem que prenda de anos maravilhosa eu tive! XD


Um dos meus maiores sonhos sempre foi voar. Finalmente conseguir foi uma das melhores experiências da minha vida...uma a ser repetida (uh...muito), claro!
Não sei se foi a adrenalina...não sei se foi o vento a fustigar-me a pele e os cabelos, se foi a sensação de que podia percorrer kilómetros lá em cima ou a liberdade que senti. Não sei, mas sei que quero repetir. Ver o mundo tão pequenino que de Évora se avista a Arrábida não é coisa de todos os dias, e impõe-nos uma enormíssima sensação de insignificância.
Sim, o preço é carote, mas vale cada cêntimo. Na skydive Portugal são super simpáticos, tratam-nos super bem e fazem das tripas coração para nos fazerem sentir confortáveis. Recomendo vivamente a todos os que quizerem experimentar que usem a skydive ^^

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

The Last Airbender

E eis que hoje resolvi ir à estreia de " The Last Airbender". A curiosidade era grande, depois da série que deu origem ao filme me ter prendido completamente de uma ponta à outra.


De M. Night Shyamalan, com Noah Ringer, Dev Patel


A história segue Aang, o mais novo sucessor de uma longa linha de Avatares, que após ter desaparecido por 100 anos tem agora de aceitar o seu papel e impedir a Nação do Fogo de escravizar os outros povos...


A primeira impressão com que fiquei do filme é que estava a ser um fast forward da primeira série. Aqueles que a viram compreenderam bem o que se estava a passar, mas àqueles a quem a série é estranha é capaz de ser imposto um ritmo um tanto ou quanto forçado.

À custa disso os personagens são pouco desenvolvidos( oh, Sokka, continuas com cara de vampiro esfomeado (off: Jackson Rathbone fez de Jasper em twilight e nos seguintes coisos)), e Momo aparece como uma adição de última hora. Apesar de faltar tempo para o essencial, há-o para cenas a meu ver um pouco desnecessárias.


No lado positivo encontra-se a banda sonora, que acompanha sempre os momentos críticos da acção ( o avatar state na northern water tribe está épico) e alguma inventividade nos planos da câmara durante o domínio dos elementos. Este é também óptimo, ( alguém dê um pat in the back a quem fez as coreografias) captando movimentos subtis que dão profundidade ao bending que na animação nunca seria possível.

No entanto, infelizmente, esperava mais deste filme, que afinal ainda teve uns 150 milhões de dólares de orçamento!. Os amantes da série ficarão decepcionados com aquilo que mais parece um conjunto de clips junto para formar um filme, e nem as paisagens ( impressionantes!) o salvam.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

F.U.P.O.

E eis que se quebrou a maldição de 3(ou serão quatro?!) anos de FUPO. Não tive de me esconder debaixo de uma capa de Syaoran que metia água por todos os lados ou dentro de um tubo do parque infantil! O tempo ajudou, e o convívio foi do melhor que já tive desde que comecei nestas andanças, tão bom que fiquei feliz por não ter levado o cos que tinha preparado para a ocasião, pois sinto que se o tivesse levado talvez tivesse tido menos tempo para desfrutar das maravilhosas companhias que por lá arrajei.

( o cortejo desloca-se pelo parque das nações, e ao lado algum miúdo grita"um doraemon!" XD)

Adorei também os jogos nos Montes Felizes(ups, parque das ondas) ( po ano é p repetir ^^), apesar de ninguém me ter avisado que o raio do jogo do lenço tinha condições...quase me espetei ao comprido!

Fiquei om a impressão da haver menos cosplayers que em anos anteriores ( se será verdade não sei que não os contei), mas é agradável constatar que a qualidade do trabalho dos cosplayers parece aumentar de ano para ano.

O desfile deixou algo a desejar, principalmente por não se terem ouvido os skits nem a apresentação dos cosplayers e respectivas personagens, mas num evento ao ar livre isso é algo que, a meu ver, é perfeitamente natural (*mental note: arranjar um megafone po mooga*). Pontos positivos para a dupla de alices(Dark e Kali) que fez um skit baseado em gestos que toda a gente entendeu.

Depois de tudo isto, a chegada a casa já bastante tarde (depois de um jantar com o pessoal) deixou-me com vontade de mais ( e uma lambidela do heartless, ms isso é outra história).

Penso que este domingo chegou e sobrou para provar que não é precisa muita coisa para fazer um bom evento: basta um lollipop, um espaço agradável e um grupo de amigos que queira divertir-se...não obstante os dramas e o que o espectadores pensem do espectáculo.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

tudo o que tem um início tem um fim

Sim, ando a ver Matrix a mais, mas sou de opinião que uma boa maratona de vez em quando não mata ninguém, especialmente se tiver um bom motivo para a estar a fazer. "E terei um motivo?!"- pergunta algum perdido que esteja a ler este post - sim, claro que tenho! * responde saphu alegremente *
o motivo para a minha maratona de matrix ( e LOTR, ms isso já é outra coisa) é o estado de desalento em que caí por umas horas após ter recebido a notícia de que todo o meu trabalho do último mês foi em vão *snif lamuriento *
Pois é, as horas de trabalho no cosplay@portugal não vão dar frutos, pelo menos por enquanto, e tudo porque resolveram cobrar-me por usar o html do que tinha estado a fazer ( não, não é uma coisa normal). Eu nem queria o serviço de hosting deles, que um desses já eu tinha, nem o domínio, que também já existe ( e é meu, pois claro!) era só o raio do código... e assim, saphu, depois de ler atentamente os termos de uso da wix novamente e não ter encontrado patavina acerca de cobrarem pelo código (outra vez), pensou : "fdx, n me podiam ter dito esta *+º~´.~º.ç antes?"

mas está claro que não -_-"

e agora saphu pensa: " ou publico com o nome que eles querem, ou não publico de todo!" e inclina-se para a segunda opção.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Vendas de Verão

Pois é, ja n ha espaço pa livros novos *calamidade! *. Por este motivo resolvi ver se me conseguia ver livre de uns quantos e pô-los à venda aqui a preço reduzido. Os livros encontram-se em perfeitas condições (na sua maioria) e foram comprados o ano passado ou este ano...o único problema deles é que não fizeram o meu género( e estão a ocupar-me espaço na prateleira...ou quero trocá-los pela versão em inglês) -_-"

Arturo Pérez-Reverte - O cemitério dos barcos sem nome - 8€
Philip Pullman - Os reinos do Norte - 8€
Philip Pullman - A torre dos anjos - 8 €
John Steinbeck - O milagre de São Francisco - 5€ sold!
Stephen King - A luz - 5€
Luís Sepúlveda - A lampada de aladino - 7€
Umberto Eco - O nome da Rosa - 8€
Susana Tamaro - Tobias e o anjo - 5€
Matthew Skelton - O segredo de Endymion Spring - 10€
Jay Amory - A missão de Az Gabrielson - 10€
P.C. Cast & Kristin Cast - Marcada - 7,5€
P.C. Cast & Kristin Cast - Traída - 10€
Orhan Pamuk - A cidadela branca - 7,5€
Alyson Nöel - Evermore (inglês) - 8€
Sergei Lukiánenko - Os guardiães da Noite - 10€ sold
Black cat manga-vol.4 - 4 €

Adição inesperada- Ian McEwan - Solar - 10€

Se alguém estiver interessado contacte-me por msn ou por aqui mesmo ^^

sábado, 15 de maio de 2010

"Evento"?


Quem me conhece (90% dos leitores deste blog) sabe que levo bastante a sério aquela máxima que diz "se não fazes melhor, não critiques" e que não tenho por hábito dizer mal de muita coisa. Pois bem, há excepções para tudo, esta é uma delas, e o que tem de ser dito tem muita força.


É ridículo que o projecto escolar, perdão!ESFD Anime Experience tenha sido apelidado de "Evento". É mais ridículo ainda que organizadores da dita coisa, ou quem quer que tenha escrito o seu site e posts nos fórums, se tenha dado ao trabalho de dizer mal de outros eventos (para mais indirectamente), tendo feito um trabalho pior que o de todos os outros.


A minha reacção inicial a um "evento" na ESFD foi, tal como o de muitos outros "wtf?!". O porquê é óbvio, mas eu até acho que sou uma pessoa razoável e resolvi não julgar antes do tempo. Ah e tal, é aqui ao lado, dá-se lá um saltinho que sempre dá para conviver um bocado e ver os Tempura, até pode ser que valha a pena.


Foi daquelas vezes em que me enganei e acabei com uma dor de carteira(não foi dos eventos mais caros, mas para o que foi saíu caríssimo).

Como toda a gente, paguei a entrada que me foi pedida e para além da seca que apanhei até à hora do "concurso de cosplay"(o primeiro prémio foi merecido, a cosplayer de FMA tava awesome)e dos atrasos injustificados de tudo( e o facto de muitas das coisas programadas nem terem acontecido) ainda apanhámos com gente mal-educada(o director?(nah, afinal a escola tem uma directora, era uma pessoa qualquer)e os organizadores tb k ja acharam por bem vir aqui dizer merdas XD).


Este achou por bem parar o concerto dos Tempura( surpreendeu-me pela positiva (força Manon!) foi das melhores parte do "evento", se não a melhor) a meio ao puxar literalmente os fios dos amplificadores e quase arrancar o microfone das mãos da vocalista a meio da música.

Desrespeitoso? Nah, nadinha.

Será que é de mim ou a desorganização disto foi incrível?

Admiro a coragem do dito grupo de área de projecto. Apenas acho difícil qualquer escola apoiar um projecto que tem como único objectivo a diversão dos alunos( que mais que isso não se viu).
Uma imagem vale mais que mil palavras(não, não sou eu):


segunda-feira, 10 de maio de 2010

The Misterious Ticking Noise!

Pela primeira vez!, the blog goes video! Palminhas po blog!

video

E depois de muito tempo sem postar( acho que esta vai continuar a ser a frase de abertura habitual), aqui vem saphu em salvamento do seu blog agonizante. Sem ideias nem paciência para grande coisa, vou deixar aqui este hilariante ( bastante conhecido tb, ms pronto) " The misterious ticking noise". A coisa está em Inglês, língua sublime, mas para aqueles que não perceberem, o Snape abre com:

" Hum...que é este misterioso tic tac? Fica no ouvido..." e começa a cantar, e os outros juntam-se a ele. Maravilhoso, não?!

PotterPuppetPals é uma série de pequenos vídeos que descobri há uns meses. Têm títulos como " A doença de Ron" (XDXD) ou "O diário de Snape", e, como já deu p reparar, os personagens são fantoches inspirados nos (ridículos, idiotas, cof cof) belíssimos personagens de Parry Hotter.

Anyways, PotterPuppetPals pertence a Neil Cicierega, adolescente (or is he? >.<) hilariante cujos muitos videos passam a sua longa existência a fazer-me rir. =) Para mais vídeos de esta e outras séries, YouTube it! =D

sexta-feira, 16 de abril de 2010

" Ai, pá, faz-me espécie!"

Depois de, no meu empreendimento de FFX, ter sido atirada para um monte de lama por um yeti enraivecido chamado por Guados que se chatearam cmg sem eu saber porquê ( okay, vá, matei-lhes o mestre...grande coisa...o seymour estava a pedi-las!)...anyways, depois disto tudo, lebrei-me de não deixar o blog ao abandono.



Tudo porque hoje, já não sei bem a propósito de quê, ouvi algo que me fez uma confusão extrema: " Ai, pá (...) faz-me espécie!" Faz-me espécie? Mas que raio de coisa é esta?

Podem imaginar a minha cara de ponto de interrogação, porque se se olharem ao espelho devem estar com uma parecida.

A verdade é que eu acabei por descobrir o que é que me fazia espécie a mim, e como é mais giro exemplificar que explicar...:



Faz-m espécie o teste de psicologia( e o de matemética, o de português...you get the point).

Faz-me espécie que tenham andado a esburacar a minha escola para porem lá tendas de campanha. Não me fazem espécie nenhuma os batalhões de tropas fardados que lá estao dentro, ms isso é outra história ...

Faz-me espécie que quando saí de casa não estivesse a chover e que depois tenha apanhado com uma carga de água tão grande em cima que despedacei o guarda-chuva e cheguei à escola a pingar.

Faz-me espécie que tenham fechado a biblioteca quando eu precisava de dicionários para o concurso de tradução.

Fazem-me espécie os banhos de tomate em Espanha.

E, muito importante, faz-me espécie que tenham cortado a Hometree no AVATAR. -_-""





Epá, e acho que chega de espécies, que ao fim e ao cabo isto foi mais para enumerar uma série de desgraças maior que as do Lemony Snicket ( já agora, vão ver o filme, que é incrivel ( de uma forma impossivel e humorosamente negra, ms pronto)).



P.S.: pelos vistos o "faz-me espécie" é algo muito comum. não fazia mesmo ideia. a sério que não. * facepalms herself*

quarta-feira, 31 de março de 2010

A vergonha!

Na semana em que descobri que o 9 ( um dos filmes que eu vi em meados de novembro e sobre o qual escrevi aqui) ainda nem saiu nos cinemas, decobri também algo que me passou bastante ao lado e que é (bastante) imperdoável:
Pois. Risquem o X dali, que eu so usei esta imagem pk o logo é awesome. O facto é que( com excepção das bandas sonoras e de meia dúzia de cosplays de yuna) eu sou completamente estranha ao Universo de FinalFantasy ( na verdade ele é que me é estranho, ms isso agora n interessa nada).
A terrivel verdade caiu sobre mim hoje à tarde quando me apanhei mesmo à toa no meio de uma elaboradissima conversa de tema " o Baralai tem mãos gay!". Escusado é dizer que eu nao so nao sei quem é o baralai, como tb n fazia ideia de quem era o bom do Gippal ( uiui, agora já sei!! * drools *).
E agora deixo-vos a rirem-se com a minha falta de "cromisse" e a promessa de que estou a aprender FF ( a usagi bem diz que n se aprende, joga-se, ms olha, é o que há XD).
P.S.: Ishhhhhhhhh, que o baralai tem mãos mesmo gay -_-"" rikku sem tirar nem por ( a serio, mudem-lhe a cor de pele e o cabelo que até se arrepiam >.<).

sexta-feira, 19 de março de 2010

" A coisa !" ( mwahaaahaa)

Olá novamente, depois da prolongada ausência deste meu pobre, sozinho e abandonado blog, venho agora dar satisfações. Testes, blá blá blá, trabalhos blá, blá, a stora de psicologia sucks blá blá, e esqueçam la isso que o que mais me ocupou na semana antes do Ibernime Lx 2010 foi mesmo o trambolho do meu cosplay, motivo pelo qual é dele que vou falar hoje =P
( esta foi a parte em que eu corri a casa toda à procura do cabo do telemóvel em desespero para descobrir depois que ele estava ao meu lado dentro da casa da minha gata. vá-se lá saber como.)

E aqui está o resultado final: com 3,10 m de ponta a ponta e construída a sangue, suor e lágrimas ( nao literalmente, claro)( a nao ser pela parte do sangue que eu ainda agrafei um dedo com isto --"), a bankai da Soifon, da série Bleach.

Adoro-a completamente, até porque pelo menos numa coisa somos parecidas: ambas achamos que aquela bankai é um completo trambolho! pode até ser girinha, e awesome para afastar gente do nosso caminho, mas já viram o peso daquilo?! nao cabe na cabeça de ninguém ( a nao ser na minha, enfim.)

Já agora deixo por aqui uma imagem inédita ( ja viram a vossa sorte?! * note sarcasm *)

E nao se atravam a rir da minha cara feroz, que era esta ou uma em que estou de pijama ( mas eu tenho pena de vocês e resolvi n por essa aqui).
Anyways, aqui ainda so estava concluida uma das partes do meu mega-braço. Por baixo da foamcore ( a parte branca) há uma estrutura em madeira. Cada um dos lados tem aproximadamente 1,30m de comprimento, e as duas partes só foram juntas no dia do evento ( com métodos pouco ortodoxos e após eu quase ter caído para o lado da inalação dos gases do spray dourado).
Agora a parte que me deixa mesmo chateada. Descobri recentemente ( depois de " a coisa" estar acabada, claro) que o Kubo-san ( amado *cof *autor de Bleach) desenhou o bankai-canhão como sendo redondo! Imaginem alguém a espernear e a contorcer-se de dores. Agora adicionem a essa imagem nao muito bonita um diabinho verde a apontar e a rir-se da pessoa que se contorse. Foi exactamente assim que me senti. (nao como o diabinho verde, obvs).
Agora so me resta tentar resolver esta catástrofe de proporções épicas causada pela minha inigualável falta de pontaria para oportunidades e esperar nunca mais fazer um destes disparates.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Caixinhas de Sonhos

O primeiro pedido! =D

E eis que desta vez vou esmiúçar as boas das caixas das encomendas,uma vez que alguém me pediu pa eu escrever algo sobre estas caixinhas maravilhosas e de tamanho desajustado ao que contém XD

A princípio, pode parecer um pedido estranho, mas se olharem bem p a coisa até faz sentido:
é só pegar no computador e esperar uma semana que chega até vós o objecto tao desejado! maravilhoso! esplendoroso! é awesomeness numa embalagem!

A imagem acima mostra as minhas mais recentes aquisições no chao do meu quarto (extremamente importante mencionar), dentro delas vieram um artbook do avatar dos EUA, duas perucas de HongKong e umas lentes de contacto de Santiago de Compostela. Digam lá que o raio das encomendas não são viajadas =P
E depois de tudo isto, há que ver os benefícios do sistema postal. Escrever aos amigos?Qual quê! o MSN serve é pa isso. Eu estou a falar dos benefícios para os coleccionadores de selos, que acham estas encomendas um mimo! O cúmulo da funcionalidade.
Só nao gosto quando o raio do carteiro n tá pa tocar à porta e tenho de ir aos correios -_-"" isso e quando para um livro me aparece uma caixa à frente que podia conter 10 iguais! há lá maior desperdício...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Deixa-te enganar

E desta vez, o tão aguardado, o espectacularmente ridiculo, o incrivelmente plagiado...

Lua Vermelha!

Depois da mania Crepúsculo, eis que as televisões portuguesas quizeram lucrar um bocadino com os vampiros. A ideia até seria boa...se a tvi e a sic nao tivessem resolvido entrar numa maratona ( sim, porque "lua vermelha" tem pelo menos 100 episódios!) pelo monopólio do share. Agora dividem as opinioes do público ( e talvez as audiências) que se lixam!

A história passa-se num colégio cravado na Serra de Sintra. Uma instituição de renome, conhecida por ter disciplina férrea, forma rapazes e raparigas com problemas. São jovens diferentes, órfãos, sobredotados, que, numa mesma casa, vivem cercados por uma densa floresta, repleta de histórias misteriosas próprias da mitologia local. in Blog Lua Vermelha

Ela chama-se Isabel, ele só não se chama Eduardo porque não calhou e o nome não está na moda( chama-se Afonso btw ). As parecenças entre "Crepúsculo" e "Lua vermelha" são sao ridiculamente grandes que ao ver o episódio de estreia pude prever com eficácia de 90% o que iria acontecer nos 5 minutos seguintes...não acreditam? os vampiros entram em cena pela primeira vez na cantina, em câmara lenta...(onde é que eu já vi isto?) Quando a bella ( perdão, isabel) entra na sala de aula, o único lugar vago é ao pé...de quem, de quem? Sim, do Afonso!

Infelizmente, as semelhanças nao se ficam por aqui, agora é ver se ninguem cai no erro de achar que está a ver o crepúsculo na televisão portuguesa.

E já agora, alguém alerte a Stephenie Meyer de que lhe roubaram a história, porque plágio continua a ser plágio se for traduzido.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Números Animados




9


Dirigido por Shane Acker
Produzido por Tim Burton e Timur Bekmambetov
Com vozes de Elijah Wood, John C. Reilly, Jennifer Connelly, Crispin Glover. entre outros.
Depois de uma guerra apocaliptica entre humanos e máquinas, o mundo é deixado completamente destruido e sem vida humana. Quando 9, um boneco de trapos (nao são bem trapos, é tipo aquela coisa de que é feito o boneco do little big planet XD ), acorda, é por sorte que descobre uma pequena comunidade de seres como ele e que se escondem das máquinas que agora habitam o planeta e que os querem destruir.
Após 2( sim, eles são todos números) ter sido levado pelas máquinas, 9 incentiva o resto do grupo a salvá-lo e convence-os de que esconderem-se não é a solução.
Como cedo eles descobrirão, o futuro da civilização pode muito bem depender deles...
Feito a partir de uma curta-metragem realizada por Shane Acker em 2005, 9 é um dos melhores filmes da animação que já vi.
O cenário pós-apocalíptico é de comer e chorar por mais ( duh, i love the matrix! XD)emprestando ao filme um ar de solidão e desespero ( apesar de ser animação, nao deixem que isso vos engane. isto Não é um filme para miúdos). As personalidades dos personagens são outra das coisas de que gostei no filme, uma vez que nos conseguimos relacionar com eles ( 7 ftw! ) e há algo que nos faz querer ajudá-los na sua aventura. Juro que me sentava à ponta do sofá em cada uma das sequências de acção e esperava que aquelas máquinas deliciosamente construidas não levassem a melhor.
Dito isto, saquem o filme que vale a pena a hora que se gasta a vê-lo =P

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

O crepúsculo pode ir dar uma curva




J.R.Ward
"A irmandade da adaga negra- Na sombra da Noite "(dark lover no original)


Pois é, quando depois dos brilhantes na pele do Edward em "Crepúsculo" (-_-"")achei difícil voltarem a apanhar-me numa de vampiros. Como eu estava enganada!apanhei logo com uma colecção de 6 (ou sete, uma vez que para mal dos meus pecados o próximo sai em Abril)!( não, ainda não é desta que que a "Casa da noite" tem a minha atenção =P)

Sendo o último vampiro de raça pura no planeta (yummy yummy, ele tem pedigree!), Wrath tem contas a ajustar com os assassinos que mataram a sua familia há que séculos (neste caso literalmente). Mas quando um dos seus amigos mais próximos é morto - deixando uma filha que nada sabe da sua herança ou do seu destino - é Wrath quem tem de lhe mostrar o mundo da noite de que ela vai ter de fazer parte, mesmo quando A Sociedade tenta matá-lo e ao resto da irmandade...

Não vou mentir, o booksex é espantoso, e depois de ler o último livro da série (sim, sou uma toina, comecei pelo último =P) apressei-me a arranjar os primeiros, mesmo a tempo das fantásticas promoções da fnac, o primeiro amor da minha vida ( a seguir vêm a minha gata e a miha Sara XD)...e, bem, nao me consigo fartar da escrita fluida, do perigo e do romance que a autora consegue fazer transparecer em cada capítulo.
Ler J.R.Ward é como desenbrulhar um chocolate: nós sabemos o que vem depois do embrulho, ms não deixa de ser delicioso saoboreá-lo por sabermos, e cada dentada sabe tão bm como a primeira =P
 
Copyright 2009 Reasons To Sing In The Rain. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemesfree